sábado, 2 de julho de 2011

E SE JESUS FOSSE NEOPENTECOSTAL?



Se Jesus fosse neopentecostal, não venceria satanás pela palavra, mas teria o repreendido, o amarrado, mandado ajoelhar, dito que é derrotado, feito uma sessão de descarrego durante 7 terças-feiras, aí sim ele sairia. (Mt 4:1-11)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria feito simplesmente o “sermão da montanha”, mas teria realizado o Grande Congresso Galileu de Avivamento Fogo no Monte, cuja entrada seria apenas 250 Dracmas divididas em 4 vezes sem juros. (Mt 5:1-11)

Se Jesus fosse neopentecostal, jamais teria dito, no caso de alguém bater em uma de nossa face, para darmos a outra; Ele certamente teria mandado que pedíssemos fogo consumidor do céu sobre quem tivesse batido pois “ai daquele que tocar no ungido do senhor” (MT 5 :38-42)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria curado o servo do centurião de cafarnaum à distância, mas o mandaria levar o tal servo em uma de suas reuniões de milagres e lhe daria uma toalhinha ungida para colocar sobre o seu servo durante 7 semanas, aí sim, ele seria curado. (Mt 8: 5-13)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria multiplicado pães e peixes e distribuído de graça para o povo, de jeito nenhum!! Na verdade o pão ou o peixe seriam “adquiridos” através de uma pequena oferta de no mínimo 50 dracmas e quem comesse o tal pão ou peixe milagrosos seria curado de suas enfermidades. (Jo 6:1-15)

Se Jesus fosse neopentecostal, ele até teria expulsado os cambistas e os que vendiam pombas no templo, mas permaneceria com o comercio, desta vez sob sua gerência. (MT 21:12-13)
Se Jesus fosse neopentecostal, quando os fariseus o pedissem um sinal certamente ele imediatamente levantaria as mãos e de suas mãos sairiam vários arco-íris, um esplendor de fogo e glória se formaria em volta dele que flutuaria enquanto anjos cantarolavam: “divisa de fogo varão de guerra, ele desceu a terra, ele chegou pra guerrear”. E repetiria tal performance sempre que solicitado. (Mt 16:1-12)

Se Jesus fosse neopentecostal, nunca teria tido para carregarmos nossa cruz, perdermos nossa vida para ganhá-la, mas teria dito que nascemos para vencer e que fazemos parte da geração de conquistadores, e que todos somos  predestinados para o sucesso. E no final gritaria: receeeeeeebaaaaaa! (Lc 9:23)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria curado a mulher encurvada imediatamente, mas teria a convidado para a Escola de Cura para o aprender os 7... veja bem, os 7 passos para receber a cura divina. (LC 13:10-17)

Se Jesus fosse neopentecostal, de forma alguma teria entrado em Jerusalém montado num jumento, mas teria entrado numa carruagem real toda trabalhada em pedras preciosas, com Poncio Pilatos, Herodes e a cantora Maria Madalena cantando hinos de vitória “liberando” a benção sobre Jerusalém. E o povo não o receberia declarando Hosana! Mas marchariam atrás da carruagem enquanto os  apóstolos contaariam quantos milhões de pessoas estavam na primeira marcha pra Jesus. (MT 21:1-15)

Se Jesus fosse neopentecostal, ao curar o leproso (Mc 1:40-45), este não ficaria curado imediatamente, mas durante a semana enquanto ele continuasse crendo. Pois se parasse de crer.. aiaiaiaia

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria expulsado o demônio do geraseno com tanta facilidade, Ele teria realizado um seminário de batalha espiritual para, a partir daí se iniciar o processo de libertação daquele jovem. (Mc 5:1-20)

Se Jesus fosse neopentecostal,  o texto seria assim: “ Mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um pobre entrar no reio dos céus” (Mt 19:22-24)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria transformado água em vinho, mas em Guaraná Dolly. (Jo 2:1-12)

Se Jesus fosse neopentecostal, ele teria sim onde recostar sua cabeça e moraria no bairro onde estavam localizados os palácios mais chiques e teria um castelo de verão no Egito. (Mt 8:20)

Se Jesus fosse neopentecostal, Zaqueu não teria devolvido o que roubou, mas teria doado seu ao ministério. (Lc 19:1-10)

Se Jesus fosse neopentecostal, não pregaria nas sinagogas, mas na recém fundada Igreja de Cristo, e Judas ao traí-lo não se mataria, mas abriria a Igreja de Cristo Renovada.

Se Jesus fosse neopentecostal, não diria que no mundo teríamos aflições, mas diria que teríamos sucesso, honra, vitória, sucesso, riquezas, sucesso, prosperidade, honra.... (Jo 16:33)

Se Jesus fosse neopentecostal, ele seria amigo de Pôncio Pilatos, apoiaria Herodes e só falaria o que os fariseus quisessem ouvir. 

Certamente, Se Jesus fosse neopentecostal, não sofreria tanto nem morreria por mim nem por você... Ele estaria preocupado com outras coisas. Ainda bem que não era.

Felipe Almada



27 comentários:

  1. Amigo, gostei demais dessa postagem!
    Gostaria de lhe fazer 2 perguntas:
    1 - me autoriza a publicar em meu blog (claro que com os devidos créditos)? o endereço é http://doa-a-quem-doer.blogspot.com/, por favor dê uma olhada e se concordar com meu conteúdo, deixe lá um comentário.
    2 - gostaria de fazer uma parceria tipo troca de banners? se sim, idem acima.
    Abraços, e parabéns!
    Georges

    ResponderExcluir
  2. Olá, a Paz !!!! Me agradei muito deste blog e, deixo aqui uma sugestao : Visite o meu blog : http://palavraserio.blogspot.com/ ( PALAVRA A SÉRIO )
    DE UMA OPINIAO, ME AJUDE A DIVULGA LO....ABRAÇO !!!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom este post! Falou tudo.

    ResponderExcluir
  4. O post falou bastante coisa. Agora já que és criativo e baseado no que li no post sobre bíblia de estudo vi que ao contrário das bíblias quem é tendencioso é você, então sugiro que escreva : E SE JESUS FOSSE METODISTA? ... Fico me perguntando... O evangelho estaria sendo pregado como está sendo desde 1910? Ñ importa se ñ contam toda verdade, importa que falem que Cristo é o Salvador, que o Espírito Santo habita no salvo em Jesus Cristo e que Deus está sempre conosco. Para de ser babaca, ao ponto de achar que o que vc acha que é certo é a verdade absoluta.

    ResponderExcluir
  5. Graça e paz!
    Muito boa a forma de crítica.
    Bem inteligente, bem humorada...

    ResponderExcluir
  6. Amei seu post! Ótimo jeito de cutucar os lobos !...

    ResponderExcluir
  7. Amei o seu post....

    muto engraçado, e ao mesmo tempo criticando biblicamente...

    ResponderExcluir
  8. Esse senhor Abraão aí de cima deve ser neopentecostal para falar deste jeito. Seria bom que ele lesse a bíblia pois lá diz que: não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas sim, palavras que tragam edificação aos que a ouvem.

    ResponderExcluir
  9. Graça e paz, amados.
    Acredito que no céu não haverá separações ou denominações, então não devemos julgar nossos irmãos em Cristo e sim respeitar suas crenças e pregar Deus e a salvação e não doutrinas religiosas.
    "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais."
    Efésios 6:12

    ResponderExcluir
  10. Ainda bem que Jesus não é neopentecostal. Senão, ele estaria se preocupando com outras coisas (...)!
    Abraços, Felipe!

    ResponderExcluir
  11. Realmente Anônimo(do dia 5 de agosto de 2011 13:22), você disse tudo.Deveria postar seu nome. Vale a pena saber o nome de uma pessoa tão sensata como você.A paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  12. Reflexão realista e bem-humorada sobre a situação escandalosamente vergonhosa em muitos meios auto-denominados cristãos. Espero que seu texto ajude a desanestesiar tantos sinceros de coração que têm sido enganados pelo evangelho desvirtuado divulgado por várias "igrejas". Parabéns! Graça e paz.

    ResponderExcluir
  13. Discordo de textos que generalizam. Parece um grande mercado colocando o código de barras em produtos.
    Faço parte de uma igreja classificada como neopentecostal [apesar de ter nascido em uma pentecostal e admirar e participar de estudos em igrejas tradicionais] e nunca vi tais acusações acontecerem.
    O texto deveria ser dirigido a poucos, líderes cegos que envergonham o Evangelho de Cristo, e dos quais todos devem estar cientes de suas falcatruas, sendo como a igreja bereana, munindo-se e consultando sempre a Palavra de Deus, nossa única base confiável; e não dirigido a milhares de pessoas que o autor do texto provavelmente não conhece. Por exemplo, quando digo: brasileiro é malandro, todos os brasileiros podem se sentir ofendidos.
    Bom mesmo é seguir o exemplo de Cristo e pregar com mansidão o caminho para a salvação. Se uma pessoa de pouco tempo na fé, que participa de uma igreja neopentecostal lesse esse texto, será que a dúvida não entraria em sua mente e abandonaria a fé de uma vez por todas? Afinal, toda igreja neopentecostal deve estar nesse balaio..O autor do texto está pronto a ser responsabilizado por Deus por perder uma alma, por causa de falha na comunicação?
    Quem me enviou esse texto por e-mail foi exatamente uma irmã, que está na igreja há pouquíssimo tempo, e está com um ponto de interrogação na cabeça.
    Ideias tem consequências. Lembrem disso.
    Saudações em Cristo.
    Ester

    ResponderExcluir
  14. E aí mano!! Gostei dos posts..
    Posso postar este post e citar seu endereço?
    Posso fazer parte de suas redes de blogs?

    ResponderExcluir
  15. PURA VERDADE... JA FIZ PARTE DA IURD POR MUITO TEMPO,MAS AINDA BEM QUE DEUS TEVE MISERICÓRDIA DE MIM.. GLÓRIA A DEUS!

    ResponderExcluir
  16. Spurgeon tem razão lá no topo direito da sua página. Seria mui bom se todos pudessem se apegar à palavra de Deus de verdade.Ela é santa, ela é pura, ela é a verdade que Deus quer para as nossas vidas. Seu post foi criativo e tenho certeza que mui sincero.Igual a Paulo quando se mostrou inquieto quando esteve em Atenas e viu tantas afrontas ao Deus verdadeiro(Atos 17:15-34) O que se tem visto no meio das igrejas hoje são muitas heresias e nenhum compromisso com a palavra. E não importa o nome da igreja, ninguém quer pregar um evangelho que traga arrependimento, mudança de vida e compromisso.É preciso combater os erros...

    Graça e paz.

    ResponderExcluir
  17. Sou católica e recebi o texto do meu irmão,repassei para alguns contatos,pois achei muito interessante e até um alerta,mas tenho certeza que vão achar que é implicância,mas ñ é preciso estar alertas mesmo,as igrejas são feitas de humanos e passíveis de erros,todas elas,aliás todas as crenças, o que precisamos neste mundo é ter respeito pelo nosso próximo, divulguei seu texto e blog no Facebook, tenho muitos amigos evangélicos...abraços,a paz de Jesus...

    ResponderExcluir
  18. postei o texto no facebook, vamos discutir esse assunto. houve exagero? está generalizado? o autor está errado? é uma opinião válida? ele tem razão no que escreveu?
    acesse: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=235782003156000&set=a.180653912002143.46476.100001726051986&type=1

    ResponderExcluir
  19. Não me considero neopentecostal ou tradicional, pois tenho influências de vários pensamentos doutrinários.
    Mas uma coisa que vejo demais em pessoas de igrejas mais tradicionais é que são leões para julgar a conduta de outros crentes, mas quando é o momento de confrontar o pecado em sua vida/igreja/familia/trabalho/amigos, são cordeirinhos mansos.
    Criticar crente é facil, quero ver ter peito pra chegar e debater com um ateu, um agnostico, que debocham de tua fé e te tratam (sim, eles não fazem diferenciação entre pentecostais e tradicionais) como uma pessoa retrógrada, medieval e primitiva.

    ResponderExcluir
  20. É disso que o diabo gosta: DESUNIÃO no meio cristão! Ao invés de propagarem raiva, desunião no nosso meio, não seria mais fácil cinfrontar com AMOR?

    E outra coisa: não generalizem! Não é pq uma dnominação é neopentecostal que participa de coisas citadas acima.

    Cade os erros das igrejas tradicionais? Será que elas não tem? Eu passo longe d euma igreja dessas que só sabem JULGAR, condenar os irmãos. Hipocrisia pura!

    ResponderExcluir
  21. ainda bem que não sou PENTECOSTAL!!! VCS SE ACHAM INFALIVEIS E UNICOS SERVOS DE DEUS? CUIDADO.TODA PALAVRA FRÍVOLA QUE O HOMEM PROFERIR,DEUS PEDIRÁ CONTAS.

    ResponderExcluir
  22. Generalizar e Julgar...
    Será que essa eh a atitude correta de um Cristão???
    Tsc, tsc, tsc...
    Lamentável...

    ResponderExcluir
  23. Bom e criativo texto. Ofendese cm ele quem não vê (ou não quer mesmo ver) o que andam fazendo por aí. Julgar o irmão? Peraí? E quem foi que disse que todo mundo é 'irmão'? Jesus nos mandou julgar, sim: pelos frutos (MAteus 7.20). E se os frutos não forem dignos do evangelho, estes são frutos falsos. Permita-me complementar com uma idéia que me ocorreu:
    ...Se Jesus fosse neopentecostal, ele não andaria em um barquinho com Pedro, Tiago e João, não senhor... Ele faria logo era um Cruzeiro Gospel, com cantores maravilhosos e jantares espetaculares, podendo ser dividida a sua chance de participar de um Cruzeiro de bênçãos desses, em até 20 vezes no cartão, mas com juros.

    ResponderExcluir
  24. Ahahahaha mto bom !!! Parabens ... vou roubar blzzzzzzzzzzz !!!

    ResponderExcluir
  25. muito bom. pena que nada se possa fazer para as pessoas perceberem esses erros e procurarem o verdadeiro caminho. A preguiça de raciocinar e a facilidade de fazer o que mandam impede qualquer mudança de pensamento. tenho um parente que vive com dinheiro ilicito e vai a igreja dar o dizimo e acha que esta "lavando" o dinheiro de seus roubos, pior que o proprio pastor diz que esse dinheiro é abençoado. e ele ainda pensa que " se eu não fizer isso(estelionato) não vou poder contribuir para a obra de Deus".....é esse tipo de pessoa que o ceu vai estar cheio??? se for eu não quero ir pra la

    ResponderExcluir
  26. Publiquei no meu blog: http://andersondemoraes.blogspot.com.br/

    Com os devidos créditos.

    Na graça e Paz de Cristo.

    ResponderExcluir

As informações e opiniões postadas no Blog Fé & Razão não correspondem às opiniões e idéias de pessoas ligadas a mim nem de minha Igreja
Ocorreu um erro neste gadget