terça-feira, 16 de agosto de 2011

Silas Malafaia... PORQUE NO TE CALLAS??????

Silas Malafaia seria declarado cidadão honorário de São Luís. Vereador se opôs, dizendo que pastor é homofóbico. Pastor ofendeu vereador e perdeu a homenagem. kkkkkkkk

 Silas Malafaia presidente da Igreja Assembleia de Deus - Vitória em Cristo, afirmou que vai processar o pedetista e o classificou como “bandido”, “vagabundo” e “idiota”.  

Em resposta ás declarações do pastor, a Câmara de Vereadores de São Luís arquivou um projeto de lei de homenagem á Malafaia e ainda aprovou uma moção de repúdio considerando-o, a partir de agora, “persona non grata” em São Luís.

O pior, querido leitor do Fé & Razão, é que ele disse ao tal vereador: "VOCÊ NÃO SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO" uahuahauhauhauhauha  SILAS, POR QUE NO TE CALLAS????

 Veja abaixo a matéia na íntegra:

 ____________________________________________________________________________________

Vereador apresenta título de persona non grata pastor Silas Malafaia

Pastor Silas Malafaia chama Câmara de ‘poleiro’ e vereadores de ‘bandidos’ e ‘frouxos’

 

 

Ivaldo Rodrigues (PDT
Ivaldo Rodrigues (PDT), insultado pelo Malafaia

SÃO LUÍS - Na sessão desta terça-feira, 16, na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) utilizou a tribuna para repudiar as agressões verbais proferidas pelo pastor ao chamá-lo de “bandido” e “vagabundo”.


Na oportunidade, o vereador solicitou à Mesa Diretora da Casa as urgentes e necessárias providências no sentido de acionar a Procuradoria Jurídica da Casa para buscar reparos morais sofridos pelo Parlamento.


No documento, Ivaldo Rodrigues ressalta que ao solicitar o pedido de vista do projeto da vereadora Rose Sales (PCdoB), que concede o Título de Cidadão de São Luís ao pastor Silas Malafaia, fez por entender que o projeto não apresentava e nem atendia as exigências legais na Resolução legislativa que reegulamenta a concessão da honraria.


“O pastor Silas Malafaia em sua fala (entrevista à rádio 92FM), menospreza a grandeza do Título de Cidadão Ludoviscense outorgado pela Câmara , faz ofensas pessoais aos vereadores, e induz a comunidade evangélica a acreditar na falsa afirmação, que trata-se de uma retaliação ao mesmo. Tais fatos são de grav ocorrência , no que solicito também a publicação de nota de repúdio oficial e apresentação do título de persona non grata ao pastor Silas Malafaia”.



Veja o que disse o pastor :

Em entrevista à rádio evangélica 92.3 FM, o pastor Silas Malafaia bateu forte nesta segunda-feira nos vereadores Ivaldo Rodrigues (PDT) e Rose Sales (PCdoB). Ele chamou a Câmara de Vereadores de São Luís de “poleiro”.

Malafaia, que participa de um culto no sábado e domingo em São Luís, criticou o pedetista por ter chamado-o de homofóbico e pressionado a comunista a recuar na concessão de um título de cidadão em sua homenagem

“Eu vou interpelá-lo (Ivaldo Rodrigues) judicialmente para ele provar que sou homofóbico. Ele está pensando que tá falando com algum otário. Vou processar esse bandido, esse vagabundo desse vereador. Ele vai ver com quem está falando. Eu não dou moleza para um moleque como ele. Esse idiota não sabe nem o que é homofobia”, disparou.

Malafaia disse receber títulos “a três por dois” no país e não faz nenhuma questão do que lhe seria concedido em São Luís. Ele acusou Rose Sales de ter se “afrouxado” na concessão da honraria.

“Falei para a vereadora: ‘não afrouxa não’. Se a irmã Rose afrouxou, é por causa de um grupo de intolerantes do partido dela. Estou desconfiado que ela quer fazer graça para o partido dela (PCdoB), que apoia essa porcaria (homossexualismo).”

Segundo Malafaia, que chamou os vereadores de “bocós” (abestados), o episódio só demonstra a “intolerância” dos homossexuais contra quem não coaduna com este tipo de comportamento. Ele desafiou Ivaldo Rodrigues a participar de um debate ao vivo na rádio.

“Esse vereador está desafiado a um debate. Se ele não vier vou chamá-lo de covarde na cruzada (culto). Covarde que atua dentro do puleiro (Câmara de Vereadores) dele e quando é desafiado corre”, declarou.

Câmara se reúne e deve reagir a baixaria de pastor


O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) disse ao blog que os vereadores vão se reunir antes da sessão desta terça-feira para discutir que posição tomar em relação às baixarias propaladas contra ele e a Câmara pelo pastor Silas Malafaia


Líder do PDT na Casa, ele disse que já ter acionado a procuradoria da Câmara no sentindo de ajuizar uma queixa-crime contra Malafaia.

- Isso não vai ficar assim. Ele usou termos de baixo calão para se referir a mim e à Câmara. Já acionei a procuradoria da Casa para processá-lo – declarou.

Ivaldo explicou que apenas pediu vistas do projeto de concessão de título de cidadão proposto pela colega Rose Sales (PCdoB) por não trazer nenhum documento ou informação sobre o pastor.

- Não tinha o currículo dele (Silas Malafaia), informação nenhuma. Só tinha a capa. Por isso, pedi vistas do processo – criticou.

O pedetista disse ter ficado claro na entrevista do pastor sua condição de homofóbico. Ivaldo Rodrigues explicou que em nenhum momento está se referindo aos evangélicos.

- Sinceramente, um homem que usa um palavreado e age dessa maneira desequilibrada não pode ser um homem de Deus. Espero que os verdadeiros evangélicos não se deixem enganar por falsos profetas – assinalou.



Fonte: http://www.gterra.com.br/politica/vereador-apresenta-titulo-de-persona-non-grata-pastor-silas-malafaia-44614.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As informações e opiniões postadas no Blog Fé & Razão não correspondem às opiniões e idéias de pessoas ligadas a mim nem de minha Igreja
Ocorreu um erro neste gadget